terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

[Literatura] - O misterioso Lar Cavendish



Resenha - O misterioso Lar Cavendish

 

 

Victoria Wright tem 12 anos e sempre teve uma vida exemplar e impecável. Seus cabelos sempre bem penteados, junto com suas unhas brilham, suas notas sempre acima da média, em seu quarto tudo é organizado e etiquetado e todos os dias ela segue uma rotina impecável.

Lawrence Prewitt também tem 12 anos só que ao contrario de Victoria, ele é extremamente desorganizado, não tira as melhores notas, suas roupas estão sempre amassadas e ele só pensa em música. Contra a vontade dos pais, ele quer ser músico.

"Segunda era o começo. Quarta o meio. Quinta era o prelúdio de sexta. Sexta era o final. Sábado e domingo eram dias de estudar, limpar, se antecipar em tudo, e às vezes fazer compras [...] Considerando tudo isso, terça era só uma encheção de linguiça."


Os dois se conheceram na escola e Victoria adotou Law como seu “projeto” ela fazia de tudo para que ele andasse na linha como ela, dava conselhos de como ele deveria vestir suas roupas, reclamava do cabelo, da música que ele cantarolava diariamente, enfim tudo.

Belleville é uma cidade perfeita, vizinhos perfeitos e sorridentes, crianças educadas, casas bonitas e numeradas. O Lar Cavendish para Meninos e Meninas era localizado no numero nove da Silldie Place. Era um lugar onde poucas pessoas comentavam, Victoria mesmo era uma que sempre fugia do assunto. Um dia, Victoria recebe seu boletim e vê que tirou um B em música, ela fica revoltada e quando tenta reclamar com seu amigo Lawrence percebe que ele sumiu. Ela começa a questionar o pai do menino sobre o paradeiro dele, mas eles estão extremamente diferentes e insistem que Law está na casa dos avós e que volta em breve. Victoria não acredita nem um pouco na história e decide investigar isso.

Ela passa a receber bilhetes pedindo ajuda, falando para tomar cuidado e parar com essa investigação mas isso só deixa a jovem mais curiosa ainda.

"É inevitável, quando a gente é criança e vê seus amigos sendo levados e nem se lembra se eles eram seus amigos até eles voltarem. Diferentes. Mudados. Ou talvez eles não voltem nunca, e você não se lembra de que eles estiveram lá, e tem sonhos loucos, perguntando-se quantas pessoas você conheceu e esqueceu..."


O livro é narrado em terceira pessoa e o foco principal é Victoria, então por mais que tenhamos uma visão maior do local onde a história se passa são os sentimentos da personagem principal que dão mais ênfase ao enredo. Parece que a autora está nos contando a história, O Misterioso Lar Cavendish é um livro infanto juvenil delicioso que usa de vários modos para te prender atenção, os mistérios que envolvem o lar são bem trabalhados, as crianças, não são mini adultos, odeio isso em livros, a autora manteve a essência e o medo das personagens.

livrousado.com


Os capítulos são iniciados com duas baratas – sim meio nojentinho – que fazem parte da história e em uma ou outra página você encontra algumas delas, as folhas são amareladas, fonte agradável e não localizei erros ortográficos. Adorei o trabalho da editora na capa e no decorrer da história há algumas ilustrações das cenas, o que eu achei bem interessante.

Em suma, o Misterioso Lar Cavendish deve ser lido por todos que gosta de um enredo leve mas envolvente que nos faz querer entender e descobrir o que está acontecendo com os jovens da cidade. Sem contar que o epílogo é super interessante, vale a pena.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário